Ponto de Cultura – Projeto Angorô

08 2014 - Banner 36

O Asé Ylê de Hozoouane que além de espaço religioso, cultural e comunitário é também um Ponto de Cultura com o Projeto Angorô, tornando-se referência para outras comunidades, pesquisadores e instituições, assim consolidando o seu papel de produtora e mantenedora da nossa cultura afro-brasileira.

Durante o período de dois anos, objetiva-se fomentar ações que registrem a memória local, tanto individual quanto coletiva, a fim de que essas narrativas em forma de áudio, vídeo ou instalação ocupem um espaço expositivo de um Memorial.

Toda comunidade e seus parceiros são convidados a participar para juntos erguermos um espaço de manutenção e criação da historia. Permitindo se enxergar e ser enxergado através dos símbolos, olhares, objetos, imagens e paisagens. Para dessa forma, compartilhar com o mundo essa valiosa produção negra e periférica que já fora tão negligenciada.

14425359_1116753255071479_942501107225025575_o

Ficha Técnica

Coordenador: Luiz Antônio Katulemburange Amorim

Agente mobilizador: Ciléia Biaggiolli

Gestor voluntário: Maze Deuanda

Agente técnico visual: Victor Balan

Agente técnico cultural: Ubiratã Souza

Realização

Secretaria Municipal de Cultura

Núcleo de Cidadania Cultura

Sociedade Beneficente Centro de Cultura Afro-Brasileira Asé Ylê do Hozoouane

Imagem 013

Fachada do Ylê em 2014: novas mudanças se anunciam. No alto, a construção do espaço dedicado ao museu.

Informações sobre o andamento do Ponto de Cultura Projeto Angorô Construção do Memorial “Yakaku Dahan Suru”

– 13 Meses de Execução do Projeto;

– Rotina Mensal de Encontros com a comunidade;

– Sistematização de ferramentas de trabalho;

– Levantamento de acervo e de potencial de acervo junto à comunidade e junto ao Ylê;

– Início da sistematização do aspecto visual do acervo.

14/10/2016 regua-logos-pontos-de-cutlura